12 abril 2011

Sentido.

Olhos fechados. Corpo fechado. Descobri um novo mundo dentro de mim. Sem pernas, sem olhos, sem destino. Sou um mero reflexo. Sou uma imagem de um tudo sem nada.
Sonhar. Sonhar. Acordei do mesmo sonho. Angústia. Ilusão. Não quero acordar novamente. Hoje eu prefiro escutar o mundo de fora. Prefiro sentir sussuros. Prefiro não ouvir vozes.
Silêncio. Foi o silêncio que tomou conta de mim. Pintou minhas paredes de branco. Preciso pintar novamente. Preciso colorir o silêncio. Preciso da sua verdade.
Meu peito arde. Minhas vísceras digerem meus sentidos. Não sinto coragem, também não sinto medo.
Acho que preciso pensar. Respirar. Respirar? Não sinto um pulmão. Ele fugiu. Meu peito está vazio novamente. Ar. Ar. Ar. Ar. Preciso de ar. Está frio. Sinto frio.
Me sinto pequena. Uma face daquilo que não pode ser visto. Tenho medo de desvendar tantos mistérios. Prefiro me calar. Ouvir o silêncio tomar conta do meu mundo. Dividir meu corpo em partes distintas.
É. Eu sou um pouco de um tudo que eu ainda não conheci. Eu sou dois mundos fundidos em partes insolúveis. Incógnita. Dor. Isso dói. Preciso de uma verdade concreta, mas as verdades fogem das minhas mãos junto com o vento. O vento carrega tudo. O vento deixa as lembranças. Talvez um ressentimento possa me prender. Preciso caminhar.
É difícil enxergar a luz. Está escuro. No escuro os pensamentos me prendem. Pensamentos tomam conta de mim. Pensamentos que paralisam.
É. Acho que estou com saudades do meu sorriso. Ontem eu pendurei a alegria na janela. Estava frio. Não sei se ainda posso encontrá-la. A alegria fugiu diante do meu olhar e agora é esse mesmo par de olhos que eu preciso encarar no mesmo reflexo de todos os dias.
Descobri que minha alma se fundiu. Ainda restam algumas partes de mim. Preciso me concentar.


3 Comentários:

Miriane Fernandes disse...

Eu me encontrei no seu texto. Ele é semelhante a alguns meus.
É sempre muito bonito textos assim. Os sentimentos que os inspiram não.

- Kiss.

Alice disse...

Me sinto meio assim... sem ar, precisando me encontrar, encontrar sorrisos, alguma cor. Esses dias tem sido preto e branco. Mas como passar por esse processo né? Certo que é mais uma fase e logo logo passa!

Bjos querida!

Sr. Lunático disse...

Belo texto, quanta emoção passada! Detalhe: adoroooo o Evanescence, claro essa música do Seether é linda, perdi as contas de quantas vezes me perdi em pensamentos escutando-a.

Contos, e só. © Theme By SemGuarda-Chuvas.